Welink Agencies Welink Agencies
assessoria-de-imprensa

A Assessoria de Imprensa em Órgãos Públicos

Welink Agencies

Welink Agencies

A importância da comunicação nas organizações tem-se vindo a afirmar dentro dos órgãos públicos. Atualmente, e independentemente do tipo de organização da qual estejamos a falar, quer seja ela pública ou privada, não há espaço para que se abra mão de um departamento de comunicação organizado, com objetivos definidos e que cuida diariamente da imagem e perceção pública da instituição. Assim sendo, se é representante de um órgão público, independentemente do seu cariz, é necessário que reconheça a importância de ter uma equipa especializada em assessoria de imprensa e comunicação. 

 

A questão que se coloca é, como é que a comunicação se tornou tão importante? Na realidade sempre foi. A forma como a relação entre uma instituição e os seus públicos, interno e externo, é considerada e vista é que se alterou. Sendo a comunicação responsável por esta ponte, entre os interesses das organizações e os interesses dos públicos, é natural que as organizações reconheçam agora mais facilmente o peso das relações públicas e da assessoria, uma vez que são estas que definem a forma como serão vistas e definidas pelas comunidades.

Os pilares da assessoria da imprensa nos órgãos públicos

Tal como para todas as ações ou processos dentro de uma organização, seja ela pública ou privada, é necessário criar valores nos quais estas serão sempre baseadas. Estes valores vão representar a identidade da organização, bem como a sua missão e objetivos. 

 

Existem alguns fatores que são decisivos para o sucesso das estratégias de comunicação e assessoria. Considere os seguintes pilares na hora de definir a sua estratégia para órgãos públicos:

  • Credibilidade
  • Continuidade
  • Interesse

A assessoria de imprensa, não só nos órgãos públicos, mas em todas as organizações, precisa de ser um trabalho sério e detalhadamente pensado. Partindo dos três pilares que definimos acima, procure credibilidade em todas as suas ações, não juntando falsas informações a comunicados ou assuntos pouco explícitos; aposte na continuidade, não fazendo simplesmente ações esporádicas, sem um fio condutor e pouco consistentes; por fim, aposte em informações e conteúdos de interesse público, que vão suscitar o interesse, quer dos jornalistas, quer da população em geral. 

 

Normalmente este é um trabalho desenvolvido por profissionais que trabalham internamente nos departamentos de comunicação dos órgãos públicos. Contudo, existe sempre a opção de delegar a assessoria de imprensa a uma agência de comunicação especializada em comunicação institucional e órgãos públicos. Na Welink Agencies temos várias parceiras com este foco de atuação, que o podem ajudar não só a desenvolver um plano de comunicação otimizado, como podem ser uma mais-valia em possíveis situações de crise, muito comuns nas instituições públicas. 

Como atua a assessoria de imprensa nos órgãos públicos?

A Assessoria de Imprensa em Órgãos Públicos

 

A assessoria de imprensa em órgãos públicos está também associada ao interesse público dos assuntos que contemplam estas organizações, considerando a necessidade compreensível de os cidadãos terem conhecimento do funcionamento e do trabalho desenvolvido. 

 

Considerando os municípios como exemplo, a assessoria de imprensa vai permitir que as populações não só saibam, como apoiem ou neguem as ações tomadas pelos órgãos responsáveis que as representam. Este departamento dentro das câmaras municipais vai facilitar o acesso a informações importantes, possibilitando uma maior proximidade entre as duas partes. Deixamos alguns exemplos práticos do trabalho da assessoria de imprensa dentro de organizações públicas, como as câmaras municipais:

  • Apoio na elaboração de discursos;
  • Criação da agenda de imprensa;
  • Marcação de entrevistas com órgão regionais e nacionais;
  • Envio de press releases;
  • Criação de press-kits aquando do lançamento de alguma ação, produto ou serviço de interesse das comunidades;
  • Acompanhamento dos representantes públicos em conferências de imprensa, visitas públicas ou entrevistas;
  • Aconselhamento sobre a postura a adotar;

Estes exemplos constituem apenas algumas das funções que um profissional da assessoria de imprensa pode desempenhar dentro de uma organização pública. No que concerne às notícias, este será assim capaz de transformar um assunto pertinente em noticia, escolher o meio e formato sobre o qual terá mais impacto na comunidade e, tentar antever qual a receção que este terá junto do público interno e externo da organização. A realidade é que o conhecimento traz comprometimento. Uma das melhores técnicas para fidelizar públicos e criar comprometimento é dar-lhes o máximo de informação possível sobre a organização. Assim, a comunidade sentir-se-á parte dela e dará mais facilmente o seu apoio. 

 

A competir com todas estas vantagens de um departamento de comunicação com assessoria de imprensa bem definido e planeado, surge o facto de que, neste tipo de organizações, o trabalho da assessoria terá sempre de ser um complemento ao trabalho do órgão público. Com isto queremos dizer que, se o órgão público não estiver a desempenhar as suas funções de acordo com as necessidades da comunidade a quem se propõe satisfazer, a assessoria de imprensa não conseguirá reverter a falta de empatia por parte da comunidade. O assessor de imprensa poderá sempre assessorar a postura e as formas que interagir com o público, contudo as decisões fundamentais do órgão público só a ele dizem respeito. 

 

Se o órgão público que representa não tem apoio da comunidade, comece por entender se existe algum problema estrutural na sua organização e nos seus objetivos. Caso isto não se verifique, poderá passar a apostar fortemente num gabinete de assessoria de imprensa. A comunicação, quando bem organizada e eficiente, pode revelar-se muito importante e de alta necessidade. 

 

Apesar de terem um funcionamento e organização diferente, os órgãos públicos acabam por precisar tanto ou mais ainda de estratégias de comunicação bem planeadas. A assessoria de imprensa é apenas uma delas, entendemos por isso a sua relevância e pertinência. 

Tem uma Agência Digital?

Registe a sua agência na Welink Agencies