Welink Agencies Welink Agencies
redes-sociais-negocio

Que redes sociais deve escolher para o seu negócio?

Welink Agencies

Welink Agencies

Que redes sociais deve escolher para o seu negócio?

As redes sociais e as empresas andam de mãos dadas na era do marketing digital. Para ter sucesso na sua campanha promocional nestas plataformas, deve primeiro saber onde se encontra o seu público-alvo. Para os profissionais, as cinco redes mais famosas do momento são certamente o Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn e YouTube. A chave é escolher dois deles para começar e aplicar as estratégias corretas de e-reputação.

Como definir o perfil do seu alvo?

O primeiro passo consiste em definir com precisão o perfil das suas perspectivas. De facto, não é suficiente preferir uma rede social a outra. 

O risco é acabar numa plataforma em que simplesmente não pode desenvolver a sua notoriedade, uma vez que o seu público alvo está ausente.

Aqui estão alguns critérios para definir o seu perfil alvo

  • idade;
  • género;
  • rendimentos;
  • outros interesses para além do seu produto ou serviço.

Estas pistas e outras informações adicionais são essenciais para criar um perfil típico dos seus potenciais clientes. 

 

Embora possa sempre adaptar a sua campanha a qualquer rede social, alcançar o seu público-alvo na sua rede social é a melhor opção.

Quais são as suas expetativas em relação às redes sociais?

A fim de estabelecer um programa de marketing em redes sociais, terá também de determinar os seus objetivos: informar, reter clientes, melhorar a experiência do utilizador, fazer publicidade ou empreender campanhas promocionais.

 

Mais uma vez, ao responder a esta pergunta, reduz a sua busca pelas redes mais adequadas.

Quais são as especificidades das redes sociais mais populares?

Tenha em conta a disponibilidade dos seus recursos e analise as ações do concurso em cada rede. O gestor da comunidade é responsável por esta inteligência competitiva, mas também pela inteligência da sua marca.

Facebook: ideal para um amplo targeting

A plataforma é a principal rede social. Isto significa que será uma obrigação se quiser promover-se e gerar tráfego. Contudo, deve distinguir as redes sociais profissionais de outras redes sociais existentes. Pode melhorar o conhecimento da sua marca através de um conteúdo generalista que encoraja a simpatia. Isto permite que as suas mensagens sejam acessíveis a um vasto público.

 

No entanto, é responsável pelos seus cargos. Por exemplo, aconselhamo-lo a partilhar as notícias da sua empresa três vezes por semana. 

 

É também essencial para animar a sua comunidade: envolva os seus contactos, potenciais clientes e clientes através de conteúdos direcionados, eventos (webinars, encontros, feiras comerciais, etc.), concursos, etc.

 

O algoritmo dos meios de comunicação social pode ter dificuldade em gerir várias publicações por dia. Se não o fizer, retém apenas alguns. Quanto às marcas, elas estão cada vez menos presentes nas notícias. A solução consiste em optar por inserções publicitárias.

 

Caso contrário, encorajamo-lo a reagir e comentar publicações de terceiros para alargar a sua interação com os seus amigos na rede. Também, não hesite em aparecer em eventos e grupos que lhe interessam.

 

Em resumo, o Facebook permite-lhe trabalhar na sua estratégia de influência para ser tão profissionalmente relevante quanto possível.

LinkedIn: ideal para B2B

O LinkedIn é a principal rede social profissional. Originalmente, o site destinava-se apenas a executivos e gestores. Desde então, tem sido utilizado por quase todas as profissões.

 

Estar presente nas redes sociais, neste caso no LinkedIn, é uma oportunidade para apresentar o seu percurso profissional. Exige que actualize o seu perfil. Deve ser o mais completo possível, ao mesmo tempo que deve ser limpo com uma foto de perfil de boa qualidade.

 

Sendo esta uma rede profissional, as publicações destinam-se exclusivamente a profissionais. Logicamente, a plataforma tem como objectivo melhorar a sua reputação B2B.

 

De facto, o LinkedIn conta com uma base de utilizadores qualificados, incluindo os seus contactos, clientes e fornecedores. Os agentes do seu sector são obrigados a estar presentes. Isto facilita-lhe o contacto.

 

No entanto, não é fácil converter leads e perspectivas no LinkedIn. É preciso saber como funcionam os algoritmos das redes sociais e agir em conformidade:

  • Publicar regularmente conteúdos relevantes nos momentos e dias em que é mais provável que seja visto e lido
  • Reagir e comentar as mensagens de outras pessoas

Em alternativa, pode criar uma conta premium (mediante pagamento) para ter acesso directo aos dados de contacto dos seus contactos, com a possibilidade de os contactar mesmo que ainda não façam parte da sua rede de contactos.

YouTube: ideal para partilhar conhecimentos

A importância das redes sociais é ser capaz de difundir conhecimentos. O YouTube é o líder na partilha de vídeos. É perfeito para dar conselhos ou transmitir tutoriais e assim, tornar o seu negócio conhecido.

 

O público pode então avaliar o seu nível de especialização antes de utilizar os seus serviços ou comprar os seus produtos junto dos que estão disponíveis no mercado.

 

Além disso, no campo do marketing, o vídeo tornou-se uma tendência essencial para se integrar na sua estratégia de comunicação. 

 

De facto, os vídeos podem ter um impacto na decisão de compra de um produto. Além disso, a vantagem das redes sociais e em particular do canal de vídeo é a sua capacidade de influenciar a sua referenciação.

 

Se os vídeos no YouTube forem suficientemente longos, não podem ser utilizados noutras redes sociais. Terá então de criar outros vídeos muito mais curtos, chamados video snacks, para a sua promoção na sua página do Facebook, Instagram ou TikTok.

Instagram: ideal para um toque pessoal

Instagram é acima de tudo uma aplicação, mas também uma rede social para partilha de fotos e vídeos. O objectivo é publicar fotografias estéticas, graças em particular a filtros. Os vídeos não são geralmente superiores a 60 segundos.

 

As fotografias dos seus produtos permitem-lhe exibi-los. A rede é também um instrumento importante para explorar a estratégia de marketing da narração visual de histórias.

 

Os influenciadores do Instagram desempenham um papel importante na transmissão de fotos dos seus produtos às suas comunidades e podem mesmo promovê-los. O seu envolvimento é muito maior do que o dos utilizadores do Facebook.

Twitter: ideal para partilhar notícias

Esta rede social é uma plataforma para microblogging. Os seus utilizadores deixam mensagens curtas, principalmente sobre eventos atuais. Pode utilizá-lo como uma rede de informação em tempo real.

 

A sua empresa pode utilizá-lo como um relógio completo. Além disso, a partilha de URLs é outra vantagem das redes sociais deste tipo. Uma forma relevante de promover o seu conteúdo.

 

Muitos comerciantes confiam nesta rede para promover eventos tais como webinars e feiras comerciais. É a rede para se manter a par das últimas notícias e tendências.

Conclusão

As redes são essenciais para promover o seu negócio, mas cada rede representa diferentes alvos e diferentes abordagens. O Facebook é excelente para a construção de uma grande e leal comunidade. 

 

Instagram é adequado para uma campanha de branding, enquanto o Twitter é perfeito para promover eventos.

 

O YouTube é para educar e entreter a sua comunidade. Se tiver um público jovem, TikTok é uma verdadeira mina de ouro a explorar, apenas a não perder.

Tem uma Agência Digital?

Registe a sua agência na Welink Agencies