Welink Agencies Welink Agencies
redes-sociais-utilizadas-portugueses

Quais as redes sociais são mais utilizadas pelos portugueses?

Welink Agencies

Welink Agencies

Quais as redes sociais são mais utilizadas pelos portugueses?

Facebook, Snapchat, Whatsapp, Instagram ou YouTube? Em que plataforma é que os franceses passam mais tempo? Que redes sociais são as mais populares entre as empresas modernas para um marketing digital bem sucedido? Todos os detalhes neste artigo.

O tempo médio gasto pelos portugueses em redes sociais

De acordo com as estatísticas, 75,9% dos internautas franceses utilizam as redes sociais e passam quase uma hora e meia por dia nelas. 

 

Em geral, são os jovens que utilizam as redes sociais. Em França, 17% da população tem entre 15 e 29 anos de idade. Isto explica a taxa de ligação bastante baixa em comparação com outros países, como as Filipinas (4 horas de ligação) com uma população mais jovem (mais de 20% da população total).

A classificação e características das redes sociais mais utilizadas

Existem quase 4,2 mil milhões de utilizadores de redes sociais em todo o mundo. Em 2021, aqui estão as 5 principais redes sociais mais utilizadas por toda a população francesa:

  • O YouTube (79,6%) é o segundo motor de busca mais utilizado depois do Google. Está no topo da lista nos rankings das melhores redes de vídeo social.
  •  O Facebook (73,9%) está entre os meios de comunicação social mais utilizados em França em 2020. Conta actualmente com 2,8 mil milhões de utilizadores mensais activos em todo o mundo. É a rede social mais utilizada internacionalmente.
  • O Facebook Messenger (58,1%) faz parte do ecossistema do Facebook. Messenger é uma aplicação de mensagens instantâneas utilizada por quase todos os utilizadores do Facebook.
  • Instagram (49,3%) é uma aplicação móvel com conteúdo de base visual (fotos e vídeos). Também relacionado com o Facebook, o Instagram é mais popular entre os jovens entre os 18-24 anos.
  • A WhatsApp (49,1%) é uma aplicação de mensagens instantâneas como o Messenger. A WhatsApp é sobretudo utilizada por crianças entre os 18-34 anos.

No total, o grupo Facebook possui 4 das 5 redes sociais mais utilizadas em França. O YouTube, a rede social mais utilizada em França, é a única que não está ligada ao Facebook.

A audiência

No caso dos 6 meios de comunicação social mais populares, o número de utilizadores mensais ativos está nas dezenas de milhões:

  • YouTube: 49,6 milhões de utilizadores
  • Facebook: 40 milhões de utilizadores
  • Snapchat: 24,5 milhões de utilizadores
  • Instagram: 24 milhões de utilizadores
  • LinkedIn: 21 milhões de utilizadores
  • Interesse: 12,22 milhões de utilizadores
  • Twitter: 8 milhões de utilizadores

No final de 2020, mais de 90% dos utilizadores dos meios de comunicação social já se tinham ligado a uma plataforma social ou a um serviço de mensagens. Os utilizadores têm uma média de 5 a 6 contas. Mais de um quarto dos utilizadores franceses da Internet têm acesso às redes sociais como parte das suas atividades profissionais.

Pedidos

No Google, as consultas mais populares em 2020 giram em torno dos termos "coronavírus" e "atestado". De facto, a pandemia teve um impacto significativo nas pesquisas dos utilizadores da Internet. Mais de metade de todas as buscas estão relacionadas com a crise sanitária.

 

No YouTube, os termos "música" e "filme" são as duas perguntas mais solicitadas. O jogo Fortnite está em terceiro lugar, o que prova a sua popularidade entre os utilizadores portugueses.

O ranking das redes sociais no mundo

Aqui está a classificação das redes sociais mais utilizadas de acordo com o seu número de utilizadores activos:

  1. Facebook: 2,80 mil milhões
  2. YouTube: 2,291 mil milhões
  3. WhatsApp: 2 mil milhões
  4. Facebook Messenger: 1,3 mil milhões
  5. Instagram: 1,221 mil milhões
  6. WeChat: 1,213 mil milhões por mês (Novembro de 2019)
  7. TikTok: 689 milhões
  8. QQ: 617 milhões
  9. Douyin: 600 milhões
  10. Sina Weibo: 511 milhões

Apesar da sua falta de sucesso na Europa, as redes sociais asiáticas estão a tornar-se uma parte cada vez mais importante do mundo dos media sociais. As aplicações de mensagens instantâneas são também influenciadas por esta onda asiática.

Como escolher a melhor rede social para a sua empresa?

A escolha de uma rede social para a sua empresa é uma tarefa delicada. Implica conhecer bem o seu público-alvo e escolher a plataforma que melhor define o seu negócio.

Definição dos objetivos

Antes de mais, é preciso saber por que razão se quer estar nas redes sociais. Escolha-os de acordo com o seu objetivo: aumentar a notoriedade da sua empresa, gerir a sua reputação eletrónica, fidelizar os seus clientes ou potenciais.

Conhecimento do alvo

Antes de olhar para o perfil dos utilizadores das redes sociais, é necessário definir os alvos da sua entrega. Por exemplo, lembre-se que os utilizadores do Facebook abrangem todas as gerações. Isto torna-a a plataforma mais adequada para os principais produtos e serviços.

 

No Twitter, há uma proporção igual de homens e mulheres de todos os sectores. Pode encontrar tanto indivíduos como profissionais. Quanto ao LinkedIn, um dos primeiros da lista de redes sociais profissionais, está orientado para B2B. Se o seu alvo principal são os profissionais, esta é a rede social para si.

 

Informação profissional, localização e qualquer outra informação que possa ser utilizada na definição de alvos é necessária para os seus dados demográficos.

Avaliar o tipo de conteúdo que pretende produzir

Escolha redes sociais que sejam relevantes para o seu negócio para uma melhor interação social. Por exemplo, evite plataformas tais como Snapchat ou Instagram se não estiver numa indústria visual.

 

Por outro lado, se vai produzir muitos blogues, escrever livros ou fazer vídeos, Facebook, LinkedIn, Twitter, YouTube e Google Plus podem ser adequados. Se estiver no mundo dos infográficos ou tutoriais de imagem, Pinterest é a melhor plataforma a utilizar.

Dominar a utilização de redes sociais

Saber como utilizar as ferramentas analíticas das plataformas ajuda a otimizar a sua estratégia. Estes conhecimentos permitem-lhe publicar conteúdos relevantes no melhor momento. Lembre-se de que os utilizadores não procuram a mesma coisa em todas as redes sociais. 

 

Diferentes tipos de meios de comunicação social oferecem diferentes experiências de utilização.

 

Enquanto os membros do Facebook são entretidos pela leitura de posts, eles são mais atraídos por notícias no Twitter. Enquanto os membros do LinkedIn procuram sobretudo informações do mundo profissional.

Formação em redes sociais

Compreender e analisar as redes sociais não é fácil. Como novato no terreno, pode passar para alternativas que envolvam aulas ou formação online. Se tal não for possível, pode confiar a tarefa a um gestor comunitário freelancer. Ele ou ela será capaz de gerir as plataformas certas para o seu negócio e estabelecer uma linha editorial para cada rede social.

Conclusão

As redes sociais têm cada vez mais utilizadores de todas as gerações. Face a esta tendência, o grupo Facebook tem uma influência crescente no mercado dos media sociais em França e a nível internacional. Tirando partido deste boom, muitas empresas estão a adotar estas plataformas e a utilizá-las como alavancas na sua estratégia de marketing.

Tem uma Agência Digital?

Registe a sua agência na Welink Agencies